Fraternidade Servos do Amor Misericordioso

Casa de Recuperação

Estamos nascendo e crescendo junto ao trabalho voluntário de irmãos e irmãs, ao serviço e resgate dos dependentes de álcool e outros tipos de drogas.

Trabalhamos junto à Associação "Resgate à Vida".

Queremos levar a todos os homens e mulheres a grande esperança de que o amor é possível; queremos levar a esperança de que as pessoas que se tornaram DEPENDENTES QUÍMICOS podem sair dessa vida e levar uma vida verdadeira, cheia de felicidade sadia.

Queremos transmitir a esperança da Vida Eterna, aos que não tem esperanças de vida, aos que não conhecem a Verdade do Amor Divino, a Verdade da Felicidade Eterna. Assim, darmos assistência espiritual aos que estão sumidos nas maiores misérias da humanidade.

Propriamente nossos trabalhos apostólicos estão direcionados a:

  1. Primeiramente, a atenção espiritual e sacramental de todo aquele que necessite de um sacerdote.
  2. Atenção espiritual dos Centros de Recuperação para viciados na droga, no álcool, e outros males, por meio da direção espiritual e os sacramentos, fazendo um trabalho em conjunto com seus familiares. Devemos ressuscitar aos que supostamente não tem esperanças de eternidade; convertê-los à vida da graça.
  3. Atenção espiritual dos membros das diferentes associações que se dedicam à atenção dos marginalizados, com o objetivo de que possam atuar apostolicamente segundo seus carismas e disposições.
  4. Dedicar-nos a formar leigos e leigas para desenvolver um apostolado em conjunto, especialmente aqueles que desejem comprometer-se com a Nova Obra. Engajados nas diretrizes pastorais das dioceses, os leigos e leigas procurarão as diferentes pastorais que possam contribuir ao serviço dos mais necessitados. Queremos, como diz o Santo Padre: "Suscitar no mundo um renovado dinamismo de empenho na resposta humana ao Amor Divino" [cf. Deus Caritas Est, 1].
  5. Trabalhar em conjunto com as Dioceses e Paróquias na Pastoral da Sobriedade e do Menor; palestrando nos diferentes centros de atenção em ordem à prevenção destes males, como também visita de famílias em situações difíceis, especialmente nas favelas, etc.